}

STI: luta contra o mosquito da Dengue continua

0 77

Mesmo com a chegada do inverno, os cuidados com o mosquito Aedes aegypti continuam. A estação do ano possui baixa circulação do mosquito, mas os focos de criadouro do inseto, que é responsável pela transmissão da dengue, zika e chikungunya precisam ser eliminados.

Assine a nossa newsletter

Em Santa Terezinha de Itaipu, dados obtidos pelo Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRa), apontaram que o município é considerado de médio risco, com 1,2 para o Índice de Infestação Predial (IIP), de acordo com as diretrizes do Programa Nacional de Combate à Dengue (PNCD) do Ministério da Saúde.

Durante inspeção realizada entre os dias 29 de junho a 03 julho de 2020, foram visitados 724 imóveis. O resultado identificou nove focos com larvas do mosquito. Segundo a diretora de Vigilância em Saúde, Daiany Vitorassi, os locais em que os agentes de endemias geralmente encontram foco do mosquito são em vasos e pratos de plantas, bebedouro de animais, lixo, depósitos ao nível do solo e pneus. “Esses são locais que merecem uma atenção especial. Pedimos também para que os moradores façam a separação correta dos materiais inservíveis (sucatas e entulhos) para que não fiquem expostos e se tornem possíveis criadouros do mosquito”.

Prevenção – Para evitar a proliferação do mosquito da dengue, é necessário que toda a população esteja empenhada nos cuidados que devem ser tomados, como: evitar o acúmulo de água em garrafas pets, vasos de plantas e pneus; manter as calhas sempre limpas; separar corretamente o lixo orgânico do reciclável, dentre outros cuidados.

Fonte: Assessoria

você pode gostar também

Deixe uma resposta

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

%d blogueiros gostam disto: