}

Série B: Juventude, Vitória, Sampaio Corrêa, Guarani e Brasil-RS vencem

0 5

Seis jogos deram sequência a oitava rodada da Série B neste sábado (5). Melhor para Juventude, Vitória, Sampaio Corrêa, Guarani e Brasil-RS que saíram de campo com mais três pontos na conta. Enquanto CSA e Confiança protagonizaram o único empate do dia. Confira os detalhes das partidas.

+Veja a tabela da Série B!

Oeste 1 x 3 Juventude

Assine a nossa newsletter

As equipes fizeram um primeiro tempo de poucas chances. Mas com bola na rede. O Juventude precisou de apenas uma oportunidade para abrir a contagem na Arena Barueri. Renato Cajá deu passe açucarado para Breno Lopes, o atacante saiu de cara para o gol e com tranquilidade tocou na saída do goleiro, aos 10: 1 a 0. O Oeste foi em busca do empate, mas sem achar os espaços insistiu nos arremates de média distância e nas jogadas aéreas. Bruno Lopes, Mazinho e Luan até tentaram, mas o duelo foi para o intervalo com a vitória parcial dos visitantes. Na etapa complementar, os gaúchos mais uma vez conseguiram aproveitar as chances que apareceram. Primeiro com Gustavo Bochecha, aos 25. O camisa 15 recebeu boa bola de Breno e bateu cruzado para ampliar a vantagem. Depois, aos 42, Samuel Santos ganhou um presente da defesa adversária e mandou para o fundo da meta: 3 a 0. Já nos acréscimos, o Rubrão deixou o seu com um golaço de cobertura de Bruno Alves, mas não dava tempo para mais nada.

O Juventude chegou aos 12 pontos na Série B e ocupa agora a nona posição, enquanto o Oeste tem três pontos e caiu para lanterna da Série B.

Vitória 4 x 2 Cuiabá



Em jogo de seis gols, Vitória derrotou o Cuiabá pela oitava rodada

Créditos: Jhony Pinho/AGIF

Foram 45 minutos bem disputados no Barradão. Mesmo jogando fora de casa, o Cuiabá criou as primeiras chances, principalmente em jogadas pelo alto. Aos 13, após cobrança de escanteio, Matheus Barbosa testou firme e Ronaldo evitou o gol. Na sequência, Hayner fez o levantamento na medida para Maxwell, o camisa 11 escapou da marcação e cabeceou para fora. A resposta rubro-negra veio em dose duple com Gerson Magrão. Na primeira, o meia arriscou da intermediária e, na segunda, bateu colocado da entrada da área, mas parou no goleiro João Carlos. Até que aos 28, Guilherme Rend aproveitou um vacilo da defesa adversária e deixou Léo Ceará em ótima posição, o artilheiro não titubeou e mandou para o fundo das redes: 1 a 0 para o Rubro-Negro. O Dourado voltou ao ataque, aos 35, e, novamente optando pelo jogo aéreo, deixou tudo igual no marcador. Elvis fez o cruzamento e, na tentativa de afastar o perigo, Wallace mandou contra o próprio gol. Mas a igualdade durou pouco. Quatro minutos depois, Thiago Carleto soltou o pé em cobrança de falta e, no rebote, João Victor recolocou o Leão na frente.

O confronto seguiu para a etapa complementar em ritmo acelerado. E foi de novo pelo alto que o Cuiabá empatou a partida, aos seis. Em jogada que parecia replay do primeiro tempo, Hayner colocou na cabeça de Maxwell, que dessa vez não desperdiçou: 2 a 2. Só que assim como aconteceu nos primeiros 45 minutos, o Vitória logo retomou o controle do placar em cobrança de pênalti de Carleto, aos 11. Tentando a resposta imediata, o Dourado teve boas chances com Hayner e Marino. Mas os visitantes tiveram dois jogadores expulsos pelo segundo cartão amarelo, o goleiro João Carlos, aos 24, e o zagueiro Hélder, aos 34. Do lado rubro-negro, Marcelinho, aos 37, também recebeu o cartão vermelho. Antes do apito final, o Cuiabá ainda colocou uma bola na trave com Ferrugem. Mas já nos acréscimos, Rodrigo Carioca sacramentou o triunfo do Leão: 4 a 2.

Com o resultado, o Leão chegou aos 13 pontos e pulou para sexta posição. Já o Cuiabá sofreu sua primeira derrota na Série B, segue com 14 pontos e perdeu a liderança, mas ainda tem um jogo a menos na competição.

CSA 1 x 1 Confiança

CSA e Confiança empataram pela oitava rodada da Série B

CSA e Confiança empataram pela oitava rodada da Série B

Créditos: Divulgação/Twitter Oficial CSA

O jogo começou devagar no Rei Pelé. Mandante da partida, o Azulão teve as melhores chances com Rafinha e Rodrigo Pimpão. Mas o duelo parecia se encaminhar para o intervalo com placar o zerado. Até que, já aos 42 minutos, Pedro Júnior resolveu a parada para o CSA. Em bela jogada individual, deixou a marcação para trás, invadiu a área e bateu na saída do goleiro: 1 a 0. Tentando uma resposta imediata, o Confiança levou perigo em cabeçada de Nirley, mas sem sucesso. Na etapa complementar, o Dragão não demorou muito para criar a primeira oportunidade. Aos sete, Reis recebeu na esquerda e fez o levantamento para Bruno Paraíba, que parou em boa defesa de Bruno Grassi. Na sequência, o time da casa passou a jogar com um a menos após expulsão de Marquinhos. Em vantagem numérica, os visitantes foram em busca do empate que veio aos 29. Ari Moura recebeu na entrada da área e mandou uma bomba para deixar tudo igual. A virada sergipana por pouco não veio com Leandro Kivel, aos 36, e Matheus Mancini, aos 41. Mas a igualdade permaneceu até o apito final.

O CSA chegou aos quatro pontos e é o 19º colocado posição, com dois jogos a menos. Já o Confiança tem um jogo a menos, sete pontos e ocupa a 15ª posição.

Sampaio Corrêa 1 x 0 América-MG

O primeiro tempo foi intenso, mas de poucas chances claras no Castelão. Aos 11, o Coelho quase abriu o marcador com um golaço de Rodolfo. Após bom cruzamento de Zé Ricardo, o camisa 9 emendou o voleio e viu a bola passar tirando tinta da trave. Na sequência, o próprio Zé Ricardo foi quem assustou para os visitantes, mas parou em boa defesa de Gustavo, aos 29. Do lado do Sampaio Corrêa, a melhor oportunidade saiu já na marca dos 37 minutos. Marcinho achou Caio Dantas no meio da área, que arriscou o arremate e dessa vez Matheus Cavichioli foi quem manteve o 0 a 0 no placar. Se não teve gol nos primeiros 45 minutos, na volta do intervalo a história foi bem diferente e logo aos seis minutos Caio Dantas colocou o time da casa em vantagem. Gustavo Ramos fez o cruzamento rasteiro e o atacante chegou no carrinho para estufar as redes: 1 a 0. No minuto seguinte, Rodolfo quase deixou tudo igual para o América, mas carimbou a trave. Com a vantagem, o Sampaio se fechou na defesa enquanto os mineiros tentavam o empate. Léo Passos e Vitão levaram perigo, mas sem sucesso.

O Sampaio Corrêa chegou a sua primeira vitória na Série B, soma agora quatro pontos e deixou para trás a lanterna da competição. A equipe maranhense tem dois jogos a menos na competição. Já o América tem 14 pontos e segue no G-4.

Operário-PR 1 x 2 Guarani

Guarani bateu o Operário e deixou a zona de rebaixamento da Série B

Guarani bateu o Operário e deixou a zona de rebaixamento da Série B

Créditos: Joao Vitor Rezende Borba/AGIF

Jogando em casa, o Operário assustou primeiro no Germano Kruger. Aos sete, Roger fez linda jogada individual, invadiu a área, mas finalizou para fora. Na sequência, o atacante teve nova oportunidade, dessa vez de cabeça, e viu a bola passar tirando tinta da trave. Demorou alguns minutos, mas o gol do time da casa saiu com Thomaz, aos 23. Jean Carlos recebeu pelo lado direito, soltou o pé e Rafael Pin fez a defesa parcial, só que no rebote o camisa 10 não perdoou: 1 a 0. Mas minutos antes do intervalo o Guarani teve sua melhor chance e deixou tudo igual no marcador. Murilo Rangel aproveitou uma falha da defesa adversária e deu ótimo passe para Eduardo Person, que tocou para Júnior Todinho chegar batendo e estufar as redes. Depois da conversa nos vestiários, o jogo voltou para a etapa complementar como acabou o primeiro tempo: com o Bugre no ataque. Logo aos três minutos, o trio Murilo Rangel, Eduardo Person e Júnior Todinho voltou a funcionar. E em cabeçada certeira o atacante vez o segundo dele virando a partida para os visitantes. Com a vantagem, o Guarani passou a dominar o duelo. Murilo Rangel e Bruno Sávio quase ampliaram. Enquanto o Fantasma assustou uma vez com Roger e outra com Tomas Bastos, mas não conseguiu chegar ao empate.

Com o triunfo, o Guarani deixou a zona de rebaixamento e soma agora sete pontos. Já o Operário tem 12 e caiu para a oitava posição.

Brasil-RS 2 x 1 Náutico

Brasil-RS venceu o Náutico pela oitava rodada da Série B

Brasil-RS venceu o Náutico pela oitava rodada da Série B

Créditos: Divulgação/Twitter Oficial Brasil-RS

Brasil-RS e Náutico começaram o jogo em ritmo acelerado buscando o ataque o tempo todo. Aos cinco, o Timbu teve grande chance com Salatiel, que parou em defesa de Rafael. Do lado rubro-negro, Sousa experimentou de longe, de muito longe e anotou um golaço no Bento Freitas: 1 a 0. Buscando a resposta rápida, os visitantes chegaram pelos pés de Erick e novamente Rafael evitou o gol. Aos poucos o jogo desacelerou e a vitória parcial do time da casa seguiu para o intervalo. Já no segundo tempo, mais uma vez partida esquentou. Logo no primeiro minuto, Dadá arriscou de fora da área para o Náutico. O camisa 97 alvirrubro teve mais uma oportunidade na sequência e dessa vez não desperdiçou, aos dois: 1 a 1. Mas a felicidade durou pouco. Poveda foi derrubado dentro da área, o próprio atacante cobrou a penalidade e recolocou o Brasil-RS na frente. Novamente atrás no placar, Náutico foi para cima e quase chegou ao empate com Thiago Fernandes e Salatiel. O primeiro carimbou a trave e o segundo errou o alvo. Sem outras grandes chances, o Brasil-RS saiu de campo com mais três pontos na bagagem.

Com a vitória, o Xavante subiu para 12ª posição, com nove pontos e um jogo a menos. Já o Náutico é o décimo, com dez pontos.

Fonte: Assessoria CBF

você pode gostar também

Deixe uma resposta

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

%d blogueiros gostam disto: