}

Resumo do jogo do Red Bull Bragantino x Palmeiras – Campeonato Brasileiro de Futebol – Série A 2020

0 7

O Palmeiras conquistou uma vitória suada fora de casa diante do Red Bull Bragantino, pela oitava rodada do Brasileirão Assaí. Em duelo que abriu os trabalhos deste domingo (6), no Nabi Abi Chedid, o time da casa chegou a ter a vantagem, mas viu o Verdão buscar a virada e selar o triunfo por 2 a 1, aos 48 do segundo tempo.

Com o resultado, a equipe alviverde chegou aos 13 pontos, pulou momentaneamente para a quarta posição e ainda tem um jogo a menos na competição. Já o Massa Bruta é o 18º, com seis pontos.

O jogo

Assine a nossa newsletter

Sob forte calor, Bragantino e Palmeiras fizeram um primeiro tempo equilibrado, mas de poucas emoções. Apesar de ter o controle da posse de bola, chegando a bater 71%, o Verdão não conseguiu transformar o domínio em chances claras. Enquanto o Massa Bruta apostava na forte marcação e nos desarmes. Minutos antes do intervalo, cada time criou sua melhor oportunidade. Zé Rafael, em cobrança de falta aos 37, assustou para o alviverde, mas viu o arremate passar tirando tinta da trave. Do lado do Massa Bruta, Artur foi quem levou perigo à meta adversária, na marca dos 39.

Na etapa complementar, o duelo paulista ganhou em intensidade. Logo aos três minutos, o Palmeiras balançou as redes com Matís Viña, mas teve o gol anulado por impedimento. Na sequência, foi o Bragantino quem comemorou. Em contra-ataque fatal, Claudinho recebeu na entrada da área e arriscou o chute, a bola ainda desviou no meio do caminho e foi morrer no fundo do gol, aos oito: 1 a 0. O time da casa teve nova chance, aos 15, em finalização de Ytalo.

Querendo o empate, o Alviverde encontrou a solução no banco de reservas. Aos 20, Gabriel Veron foi para o jogo e três minutos depois deixou tudo igual no Nabi abi Chedid. Gabriel Menino apareceu na direita e fez ótimo cruzamento, o atacante foi no segundo andar e testou firme para estufar as redes. O confronto seguiu em ritmo acelerado. Mais uma vez Artur, aos 37, quase marcou para o Bragantino, mas parou em grande defesa de Weverton. A resposta do Verdão veio aos 42. Viña fez o levantamento para área e, no meio da marcação, Luiz Adriano fez o desvio sutil, que passou rente à trave. Mas a virada também veio das substituições. Gabriel Veron partiu em alta velocidade e deixou Willian na boa para marcar e sacramentar a vitória palmeirense, aos 48: 2 a 1.

Fonte: Assessoria CBF

você pode gostar também

Deixe uma resposta

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

%d blogueiros gostam disto: