Take a fresh look at your lifestyle.

Produção de soja cai no Paraná, mas cresce cultivo de milho e feijão

5

A estiagem e as altas temperaturas de dezembro afetaram fortemente a região sudoeste do Paraná, levando o estado a ter uma redução de 15,2% na produção de soja e, por consequência, a perda da posição de segundo maior produtor da oleaginosa do país. O estado deve colher, de acordo com o 8º levantamento da safra de grãos 2018/19, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), 16,3 milhões de toneladas do grão.

Com a queda, a segunda posição ficou para o Rio Grande do Sul, que cresceu 12%. A área de cultivo no Paraná também sofreu pequena redução, passando de 5,464 milhões para 5,437 milhões de hectares.

No entanto, as chuvas que ocorreram no mês de abril de forma regular na maior parte do estado favoreceram as lavouras em desenvolvimento, sobretudo do milho e feijão, podendo melhorar a posição da safra paranaense.

O Paraná tem a segunda maior produção de milho em nível nacional, que deve crescer 34,5%, saindo de 11,8 milhões para 16 milhões de toneladas. Já com relação ao feijão total, o estado detém o título de maior produtor entre os estados, chegando a 670 mil toneladas e um aumento de 14% nesta safra.

Gerência de Imprensa

Leave A Reply

Your email address will not be published.