}

Porto Seco mantém grande volume de liberação de cargas

0 62

O Porto Seco continua com grande movimentação neste primeiro semestre de 2020 com a liberação de um total de 69.772 caminhões.

O fluxo das operações de importação foi elevado, foram aproximadamente 38.454 cargas liberadas. Dentro dessa operação os gêneros mais importados foram os cereais como exemplo o milho, trigo, arroz e soja; seguidos dos produtos da indústria de moagem como o malte e amidos; finalizando com os produtos hortícolas exemplificados por plantas, raízes e tubérculos.

Pelo lado da exportação neste primeiro semestre foram 31.318 cargas. Os principais gêneros exportados, por ordem de valor, foram: plásticos e suas obras; máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos; papel e obras de pasta de celulose.

Partindo-se do ponto de vista comercial, o fluxo total de comércio estabelecido via recinto foi de aproximadamente 1,8 bilhões de dólares. Dessas divisas, cerca de US$ 1,1 bilhão oriundo de exportações e US$ 731 milhões proveniente de importações.

Os quadros da sequência apresentam os pesos e valores totais das cargas de importação e de exportação que ingressaram no Porto Seco de Foz do Iguaçu no primeiro semestre de 2020, com o detalhamento do país de procedência/destino.

Assine a nossa newsletter

Tais resultados fazem do Porto Seco de Foz do Iguaçu o maior da América Latina no quesito movimentação de cargas, tendo como destaque a operação de exportação para o Paraguai, que representa 41% de toda a operação do período.

Assessoria

você pode gostar também

Deixe uma resposta

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

%d blogueiros gostam disto: