}

Pato Bragado projeta investimentos na geração de energia limpa a partir de rejeitos de suínos

0 16

Um grupo de empresários de uma usina híbrida em grande escala do país, situada na cidade de Ouro Verde do Oeste, manifestou interesse na expansão do negócio em Pato Bragado e essa semana, uma comitiva formada por autoridades e suinocultores bragadenses foi conhecer o empreendimento naquele município.

Os empresários são responsáveis pela empresa chamada de EnerDinbo que está em fase final de implantação. Conta com 30 produtores cadastrados e terá capacidade para gerar dois megawatts de biogás e 0,5 megawatts de energia solar, com tecnologia aplicada para armazenar a produção por meio da biomassa e ampliação prevista para fabricar adubo orgânico e gases industriais. Serão cerca de 700 toneladas por dia, o suficiente para abastecer cerca de duas mil unidades residenciais com seis mil usuários, oriundos de dejetos de 100 mil suínos.

A usina também conta com sistema solar fotovoltaico que garante a geração de energia durante o dia para produção contínua.

Outra fonte que está monetizando a operação é a geração de créditos de carbono, com redução de 150 mil toneladas/ano de CO2 – equivalente ao plantio de mais de 20 mil árvores/ano.

O prefeito Leomar Rohden, o Mano e o vice Dirceu Anderle afirmam que o grupo de empresários tem interesse em investir em uma unidade no município, com a projeção financeira de R$ 12 milhões. Alegam, segundo os gestores, que por ser um município pequeno e plano, a logística é facilitada, já que a concentração de suínos é maior e, além disso, com maior parte das estradas asfaltadas ou pavimentadas com pedras irregulares.

Mano e Dirceu mencionam que o município já conta com um projeto nesse sentido, de iniciativa do vereador Lucas Blatt e consideram, a partir da experiência de Ouro Verde, que poderá ser um grande investimento para os suinocultores. “Além de contarem com a redução do custo, vinculado à destinação final dos resíduos, os produtores poderão se ver livres do odor do armazenamento convencionado dos dejetos, propiciando grandes ganhos ao meio ambiente, aos suinocultores e ao município, já que os passivos ambientais são transformados em ativos financeiros, inclusive com aumento do ICMS para o município”, pontuam prefeito e vice.

Em Ouro Verde a usina praticamente vai “limpar” todas as granjas de suínos na zona rural de Ouro Verde, que se tornará o primeiro município do Brasil a criar o chamado “porco verde” em larga escala.

Translated

Ducko Bragado projects investments in clean energy generation from pig rejects

A group of entrepreneurs from a large-scale hybrid plant in the country, located in the city of Gold Verde do Oeste, expressed interest in the expansion of the business in Pato Bragado and this week, a motorcade formed by authorities and swinocultants of Bragados went to know the venture in that municipality ..
Entrepreneurs are responsible for the company called EnergyDinbo that is in the final stage of deployment. It has 30 registered producers and will be able to generate two megawatts of biogas and 0,5 megawatts of solar energy, with technology applied to store production through biomass and expanded to manufacture organic fertilizer and industrial gases. It will be about 700 tons per day, enough to supply about 700 thousand residential units with six thousand users, from waste of 100 thousand pigs.
The plant also has a photovoltaic solar system that ensures energy generation during the day for continuous production.
Another source monetizing the operation is the generation of carbon credits, with a reduction of 150 thousand tons / year of CO2 – equivalent to planting more than 20 thousand trees per year.
Mayor Leomar Rohden, Mano and Vice Dirceu Anderle say that the group of entrepreneurs are interested in investing in a unit in the municipality, with the financial projection of R$ 12 million. According to the managers, they claim that because it is a small and flat municipality, logistics are facilitated, as the concentration of pigs is greater and, in addition, with most roads asphalted or paved with irregular stones.
Mano and Dirceu mention that the municipality already has a project in this direction, of initiative by Councilman Lucas Blatt and consider, from the experience of Gold Verde, that it could be a great investment for pigs. ′′ In addition to counting on the reduction in the cost, linked to the final destination of waste, producers will be able to get rid of the odor of conventional waste storage, providing great gains for the environment, pigs and the municipality, as environmental liabilities are transformed into financial assets, including with increased ICMS for the municipality “, score mayor and vice.
In Gold Verde, the plant will practically ′′ clean ′′ all pig farms in rural Ouro Verde, which will become the first municipality in Brazil to create the so-called ′′ green pig ′′ on a large scale.

 





Fonte: Assessoria

você pode gostar também

Deixe uma resposta

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

%d blogueiros gostam disto: