}

Missal: ponte sobre o Rio Feijão Verde está liberada

0 8

A ponte que liga as comunidades de Sanga Seca (Missal) e São Valentim (Medianeira), sobre o Rio Feijão Verde, está liberada novamente para o tráfego. A referida ponte foi totalmente reformada e a estrutura que era de madeira foi substituída por uma estrutura de concreto mais reforçada. Foram utilizadas as sucatas de postes que foram adquiridas junto a Copel.

A execução da obra e os investimentos feitos são devido a uma importante parceria entre a Administração Municipal de Missal e Administração Municipal de Medianeira. É um local de grande movimento de caminhões, devido aos produtores rurais dos dois municípios que residem naquela região, bem como de caminhões de leite, transporte de animais e carros pesados.

Essa não é a primeira vez que os municípios se unem para que houvesse a restauração da ponte. Com esta estrutura, diminui a necessidade de manutenção constante da ponte, já que se torna mais reforçada, suportando maiores cargas. Em momentos de cheia também não sofrem com as ações do clima.

Bridge over the Green Beans River is released

The bridge connecting the communities of Sanga Dry (Missal) and Valentines (Medianeira), over the Green Beans River, is released again for traffic. This bridge was fully renovated and the wooden structure was replaced by a more reinforced concrete structure. Pole scrap that was purchased from Copel was used.

The execution of the work and the investments made are due to an important partnership between the Municipal Administration of Missal and the Municipal Administration of Medianeira. It is a large place of movement of trucks, due to rural producers in the two municipalities living in that region, as well as milk trucks, animal transportation and heavy cars.

This is not the first time the municipalities have unite so that the bridge can be restored. With this structure, it decreases the need for constant maintenance of the bridge as it becomes more reinforced, supporting greater loads. In moments of flood, they also don’t suffer from climate actions.

Translated

 





Fonte: Prefeitura de Missal

você pode gostar também

Deixe uma resposta

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

%d blogueiros gostam disto: