}

Cupons de desconto e compras online na quarentena

0 16

Um dos segmentos que mais sofreram impacto com a pandemia do coronavírus foi o comércio. Com a restrição do funcionamento das lojas físicas, tanto os lojistas quanto os consumidores precisaram se adaptar a uma outra realidade. Com novos hábitos de consumo, cupons de desconto e compras online ganharam destaque na quarentena.

Apesar das pesquisas que mostram o aumento das compras pela internet, não é preciso ir muito longe para entender o quando a forma que consumimos mudou. Afinal, certamente você adquiriu algo nos últimos meses nos e-commerces, seja um pedido de alimentação, um eletrodoméstico ou um equipamento para o home-office.

Foi a partir desse panorama que muitos consumidores descobriram que é possível fazer uma boa economia nas compras online, especialmente com um cupom de desconto. Nas Lojas Americanas, por exemplo, um produto vendido no e-commerce pode ganhar mais de 50% de desconto com um cupom Americanas. E economizar tem sido fundamental neste momento.

Assine a nossa newsletter

Mais compras online na quarentena

É claro que recursos como o cupom de desconto representam bons motivos para fazer compras online, algo que muita gente já utilizava antes mesmo da pandemia. Porém, foi o isolamento social o grande responsável pela alavancagem das vendas virtuais.

O estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) em parceria com a Toluna, “Novos hábitos digitais em tempos de Covid-19”, apontou que 61% dos consumidores aumentaram o volume de compras online por conta do isolamento social.

Desses consumidores, 46% afirmam que o aumento nas compras virtuais foi de mais de 50%. O maior segmento impactado pela mudança de comportamento foi o delivery, que cresceu para 79% dos entrevistados. Uma vez que restaurantes e bares fecharam para o público, restou os pedidos online para mudar o cardápio da semana.

Um ponto interessante apontado pela pesquisa é que, apesar dos prazos maiores para a entrega, 80% dos consumidores estão satisfeitos com essa nova forma de consumo. O número indica que podemos estar diante de uma grande mudança de comportamento, uma vez que muitos que não comprovam online passaram a comprovar os benefícios desse tipo de consumo.

Cupons de desconto como recurso para economizar

A satisfação dos consumidores com os e-commerces também tem relação direta com as ofertas disponibilizadas pelos lojistas durante a quarentena. Com a redução da jornada de trabalho e o afastamento de muitas pessoas de seus postos profissionais, baixar os gastos foi um passo estratégico para muitas famílias.

Nesse sentido, os cupons de desconto passaram a ser considerados um dos recursos mais práticos para economizar. A facilidade de uso, desde a localização de vouchers promocionais em plataformas especializadas, até a aplicação do cupom, fez aumentar a popularidade da ferramenta.

Desde que a quarentena começou houve o aumento da procura por cupons de desconto, nos mais variados segmentos. Em sua plataforma, existem mais de 13 mil ofertas/cupons disponíveis, ofertas essas que os próprios lojistas disponibilizam como um incentivo de compra.

Além do cupom de desconto, muitos consumidores passaram a ficar mais seletivos em suas compras. O consumo online permite uma pesquisa rápida de preços a qualquer momento, fazendo com que a comparação entre uma loja e outra tome apenas alguns minutos do dia.

Com o orçamento mais limitado, recursos para economizar como os cupons de desconto, são soluções práticas para a organização financeira. Para uma família, essas ferramentas podem significar uma economia considerável no final do mês, com a vantagem de receber o que desejam em casa.

O futuro do comércio online

O comércio online já vinha de uma ótima fase, antes mesmo da pandemia. Cada vez mais pessoas tinham a disposição de comprar pela internet. Porém, o período de quarentena tem sido importante para que muitas empresas percebam o quanto o consumo online tem força no Brasil.

Ao forçar os consumidores a mudarem seus hábitos, especialmente pelo isolamento social, a sociedade como um todo passou a entender que existem outros métodos para fazer compras.

Por esse tipo de compra ser prática e fácil para os consumidores, a tendência é que o comércio online se fortaleça – mesmo após um retorno das atividades. Não é à toa que muitas empresas aproveitam esse momento para fazer uma reestruturação completa na sua logística.

Essa mudança vem de encontro com tendências de consumo que já eram identificadas em 2019. De acordo com um levantamento feito pela WGSN, especialista em pesquisa de tendências, a sociedade está cada vez mais focada no e-commerce.

Ainda segundo a pesquisa, as compras pelo smartphone deve ser maior nos próximos anos, uma vez que os consumidores estão se adaptando às compras pelos aplicativos. Além disso, a experiência de compra será cada vez mais valorizada pelos clientes, dando destaque às lojas que pensam em todos os detalhes.

O fato é que estamos passando por um período de transformação, desde as relações humanas até as relações de consumo. O comércio online tem tudo para crescer ainda mais nos próximos anos, mudando completamente a maneira como lidamos com nossas necessidades e com o dinheiro.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

%d blogueiros gostam disto: