}

Campanha envolve salões de beleza na prevenção ao suicídio

0 7

O mês de setembro é marcado pela campanha de prevenção ao suicídio, que envolve diretamente a sociedade organizada e tem como objetivo frear o crescimento do número de casos no Brasil. Em Cascavel e em outros 10 Municípios da região Oeste do Paraná, uma ação diferente vai impulsionar o trabalho de conscientização sobre o tema: a campanha “Abrace a beleza da vida”.

A Clínica de Psiquiatria e Neuromodulação (CPNA) elaborou a ação, que envolve salões de beleza e uma barbearia. A ideia é utilizar esses locais em que as pessoas comumente compartilham informações sobre suas vidas para identificar eventuais casos de distúrbios mentais e potenciais suicidas. Para isso, profissionais dos estabelecimentos parceiros da campanha receberam orientações sobre como perceber quando uma pessoa precisa de auxílio médico.

No espaço ANMÉ, também em Cascavel, os materiais já estão disponíveis para os clientes
Assine a nossa newsletter

O bate-papo com os profissionais da CPNA, doutor Renato Uchôa (especialista em psiquiatria) e Marina Luiza Felix (psiquiatra), ocorreu em ambiente virtual.

“Nesse encontro online, pudemos capacitar os profissionais que atuam nos salões de beleza a perceberem pessoas com possíveis quadros depressivos ou outros distúrbios mentais, orientando sobre o que fazer diante de um eventual caso. Essa capacitação é muito importante e pode salvar vidas”, destaca o médico Renato Uchôa.

Os profissionais tiraram dúvidas e compreenderam melhor os aspectos que envolvem a saúde mental, bem como a importância da psiquiatria. Foi uma oportunidade também de desmistificar o suicídio.

“O tema suicídio ainda é envolvido em tabu. Compreendemos que é preciso falar sobre esse assunto e provocar a sociedade a estar atenta e atuante na prevenção. Mostrar a beleza da vida é um passo essencial nesse processo, por isso o nome da campanha”, explica a médica Marina Luiza Felix.

Além do processo de orientação, os salões de beleza parceiros receberam materiais impressos de conscientização sobre o tema (cartaz e flyers). A ideia é que esse conteúdo fique acessível aos clientes durante o mês de setembro e permita a propagação da conscientização. Nos materiais, além de informações básicas sobre a prevenção ao suicídio, consta o telefone do CVV (Centro de Valorização da Vida): 188. Esse canal, disponível na região Oeste, realiza apoio emocional e prevenção ao suicídio, atendendo de forma voluntária todas as pessoas que querem conversar por e-mail.

Vinicius, de uma barbearia em Cascavel, aderiu a campanha

“Precisamos unir esforços para que a beleza da vida sobreponha. A informação é o primeiro passo. As pessoas precisam ficar atentas ao seu redor e, ao perceber, qualquer indicativo de que alguém próximo precisa de ajuda, estimular a procura pela psiquiatria”, pontua o médico Renato Uchôa. “Somente o acesso ao serviço médico adequado pode ajudar, mas para isso é preciso um diagnóstico, mesmo que primário de que há a necessidade”, complementa Uchôa.

Sobre o suicídio

São registrados cerca de 12 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 01 milhão no mundo, segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Essa triste realidade registra cada vez mais casos, principalmente entre os jovens. Ainda de acordo com a ABP, cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.

Assessoria

você pode gostar também

Deixe uma resposta

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

%d blogueiros gostam disto: