Cães inseguros: Schnauzer com histórico de medo e insegurança

5

Fonte: Canal do Youtube de Educação Canina Comportamento & Adestramento

5 Comments
  1. Sanlai Carvalho says

    Tenho um Boxer de 5 meses, tem medo até de objetos novos quando insiro dentro de casa. Suspeito que o cachorro até então, nunca havia tido contato com o mundo externo, apenas no seu local de nascimento acompanhado com muitos cachorros. Gostaria de saber o que fazer para diminuir o medo que ele tem de tudo, qualquer pessoa estranha ele se treme todo e se esconde, comprei recentemente… aconselhas pedir a troca do animal? Com certeza ele não é um cao saudável com esse comportamento.

  2. Rogerio Carrer says

    vídeo excelente. resgatamos uma matriz de um canil de 1 ano e meio. Uma shitzu linda, muito insegura e medrosa. Ela chegou há 7 dias na minha casa e tem medo de tudo. ela fazia coco e xixi quando agente tentava pega-la, tremia muito e ficava acoada em um canto da casa. alguns dias depois, com muita paciência ela tem se aproximado, já fica por perto, mas não deixa agente tocar nela.
    esta sendo acompanha por veterinário, tomando medicação e vamos iniciar um acompanhamento com adestrador, mas não é fácil ver tanto medo nos olhinhos dela… ela quer ficar por perto, gosta da nossa presença, mas tem muito medo.
    em especial tem medo de mulheres, é possível que ela tenha sido maltratada por mulheres no canil e agora esteja transferindo isso?

  3. Daniele Modesto says

    Raquel, não tenho como te agradecer por todas as contribuições que você me deu sobre a Mag!!!

    Ela geralmente fica ao meu lado enquanto eu estou nos ambientes, me segue para onde vou. Mesmo assim devo estar sempre com ela na guia? Ou apenas naqueles ambientes em que ela fica com medo de entrar?

    Uma das minhas primeiras atitudes foi pensar na mudança alimentar dela, estou trocando a ração que ela vinha usando (golden premium) por outra sem grãos ou transgenicos (N&D )até que eu possa ir em uma nutrologa e me organizar para fazer a AN para ela.

    Estou dando floral de bach para o medo e vou marcar, também, uma veterinária homeopata para acompanhá-la.

    Devo usar a caixa de transporte a noite para ela dormir? Hoje ela esta dormindo em um canto dela na area de serviços, choramingou no primeiro dia mas hoje ela já não chorou para dormir (como ontem ela se coçou com o dente tirando um pouquinho do pelo) eu coloquei uma camisa com o cheiro para proteger ela e acalmá-la. É legal colocar uma peça de roupa para ela ou não? Atualmente estou em home office, mesmo ela me seguindo e ficando ao meu lado com frequencia preciso da guia? Já dividi a quantidade da ração dela em porçoes e não estou mais colocando no potinho e sim em alguns momentos em casa e no passeio na rua.

    Neste momento ela tem contato esporadico com meus sobrinhos, já conversei com eles sobre isso, que Mag esta em adaptação e que eles precisam dar espaço para ela, sem muito toque ( só houve uma vez que ela latiu para o menor quando ele correu e fez barulho – ela latiu sem medo mas como alerta para ele)

    Tenho buscado brincar e fazer carinho nela no seu cantinho; as vezes sento perto da caminha dela, jogo a bolinha e os brinquedos de pano; principalmente quando ela esta perto de dormir.

    Ufa!! Obrigada por toda a sua atenção e disponibilidade, Raquel! Já estou assistindo seus outros videos e material do face e site .

  4. Mayara Lenzi says

    Oii Raquel, tudo bem? Também tenho uma cachorrinha vira lata bem medrosa. O medo dela é um pouco diferente, desde pequena quando adotei com 45 dias já mostrava muito medo com pessoas, com outros cães, crianças…e por conta disso desenvolveu reatividade 🙁 sempre quando saio para passear, ela sai de casa antenada para reagir para qualquer coisa que vê pela frente, parentes q ela não teve muito contato, ela estranha ate hoje. No parque e no cachorrodromo, ela não interage com outros cães, não deixa ser cheirada, nem busca cheirar nenhum outro cão. Em casa é uma cachorra excelente, super carinhosa, domina bem vários comandos que ensinei a ela, anda bem na guia, etc…saiu de casa tudo isso vira um problema. Ja colocamos ela na creche, para ver se melhorava seu comportamento, mas vimos q ela ficava muito assustada, se escondia debaixo das escadas e nos cantos do local, então decidimos não dar continuidade. É o curioso, é que ela foi a única da ninhada que ficou assim, tão medrosa e reativa. Isso vem da personalidade de cada cachorro? Da criação? Não sei onde errei com minha cachorrinha 😞 Adoro seus vídeos Raquel, sua maneira de falar sobre os assuntos e seu ponto de vista, diferente de todos que vemos.por ai. Obrigada e se puder me dar um direcionamento agradeço muito :*

  5. Daniele Modesto says

    Raquel,
    Sou muito grata pela sua resposta ao caso da Mag! 😍😍😍

Leave A Reply

Your email address will not be published.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. AcceptRead More