}

Ações da Diretoria de Meio Ambiente: uma Guaíra mais sustentável

0 20

A Diretoria de Meio Ambiente foi instituída através da Lei 2024/2017, pertencente a Secretaria Municipal de Agropecuária, Infraestrutura e Meio Ambiente, tem como principal objetivo coordenar, auxiliar e fomentar atividades relacionadas a recuperação, preservação e interação com o Meio Ambiente.

Através de parcerias com órgãos estaduais e federais, a Diretoria realiza diversos projetos de apoio e investimento no Meio Ambiente do nosso Município. O Programa Estadual Reciclo Paraná, convênio nº 483/2017, proporcionou a conquista de equipamentos para triagem de materiais recicláveis e aquisição de um caminhão coletor de materiais recicláveis.

O Convênio n° 4500045235 trouxe investimentos em Coleta Seletiva na Bacia Salamanca, cujo projeto ainda está em fase de execução. O Projeto Linha Ecológica, convênio n° 4500039225, realizou a conquista de 15 contêineres, com capacidade para 1000 litros, que visa estimular a Coleta Seletiva nas escolas. Ainda, através do Convênio n° 91/2019, a Diretoria realizou a aquisição dois novos caminhões coletores de materiais recicláveis, que vieram para somar a frota municipal.

Durante a Gestão, foram realizadas diversas benfeitorias no Viveiro Florestal Municipal, entre elas, cita-se: ampliação do barracão de armazenamento das mudas e sementes, aquisição de nova caixa de bomba d′água, construção de 20 metros de canteiro elevado, e revitalização completa da estufa. Todo esse investimento tem resultado no crescente sucesso do Viveiro, durante a Gestão, foram mais de 5.440 mudas produzidas, 2.939 doadas pela Itaipu, 1.482 mudas retiradas e 640 adquiridas.

Para o Aterro Municipal, o Município realizou a construção de novas galerias; aquisição de tubulação para escoamento do chorume; águas pluviais; chaminés para drenar os gases; caixas para dreno. O consumo de diversos materiais, como: pedras, madeiras, concreto, tubos, areia, telas, cimento e mão de obra, obteve o custo total de R$ 116.734,86 reais. Ainda, foram realizadas diversas melhorias e reparos no Aterro de Resíduos Classe A, e matéria orgânica proveniente de corte e poda urbana. O cercamento do barracão de armazenamento de resíduos, a implantação de guarita com servidor público semanal, e o aumento de capacidade para receber os materiais, foram investimentos de grande impacto social e, principalmente, ambiental.

Foi concluído, em 2019, o 1° Mini curso de Instruções Técnicas para Poda e Corte de Árvores em Áreas Urbanas, que trouxe a capacitação necessária para a correta poda e corte das árvores no Município. Ainda, no mesmo ano, a Diretoria realizou o curso de Apicultura Básica, realizado gratuitamente pela Diretoria de Meio Ambiente, onde foi ministrado técnicas básicas e orientações acerca do manuseio necessário para a prática da apicultura.

Em parceria com a FUNASA – Fundação Nacional de Saúde, a Diretoria vem executando diversos projetos direcionados à população, de modo geral. Para as crianças, além do Projeto de Educação Ambiental ′′Recicla Guaíra′′, foram realizadas peças teatrais em 25 escolas. A peça ′′A Missão de Alice′′, veio com o intuito de incentivar didaticamente o público infantil, infanto-juvenil e demais profissionais da educação, sobre a necessidade de preservação do meio ambiente.

O Projeto Caminhada pela Sustentabilidade, realizado no ano de 2017, contou com a participação de diversas escolas e setores públicos, que cooperaram na iniciativa de incentivo a sustentabilidade e preservação ambiental no Município. Além disso, foram realizadas palestras e distribuição de sementes de fácil cultivo, que contou com o apoio da Itaipu Binacional.

Ainda, foram realizadas atividades na Semana Nacional do Meio Ambiente, Projeto Ação Rio +Limpo, Dia da Água e a distribuição de material na abertura da Pesca, disseminando a pesca consciente e responsável. O Programa Encontros e Caminhos – Itaipu na comunidade, foi sucesso total, e contou com o Desenvolvimento de ações práticas para a sustentabilidade ambiental, contando com a participação de grupos de diversas faixas etárias.

Durante a Gestão, a Diretoria de Meio Ambiente também realizou a recuperação de Nascentes em localidades rurais no Município, no ano de 2018, foram 4 ações na Trilha Ecológica Êdela Toldo, 1 ação em Maracajú dos Gaúchos, e 1 ação em Distrito de Dr. Oliveira Castro. Em 2019, foram mais 4 ações na Trilha Ecológica Êdela Toldo, cujo objetivo principal visou a preservação e restauração do escoamento da agua natural fornecida pelas nascentes.

O Planejamento da Coleta Seletiva já foi aprovado, e encontra-se em início da sua fase de execução. Em primeiro momento, a Diretoria realiza a entrega dos sacos de ráfia, que podem ser utilizados para todos os tipos de materiais recicláveis. Para adquirir, o munícipe deve procurar a Diretoria de Meio Ambiente, que se encontra no CAM – Centro Administrativo Municipal.

Em 2019, visando a redução do uso de copos descartáveis, o Programa de Educação Ambiental da Itaipu Binacional em parceria com o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu por meio do convênio Linha Ecológica, realizou a entrega de copos reutilizáveis personalizados para alguns órgãos públicos no Município. Em primeiro momento, agentes do BPFron e servidores do CAM foram beneficiados da iniciativa. A Diretoria aguarda o recebimento de mais copos, para que o projeto continue sua fase de implementação.

Através do sucesso nos projetos executados, a Diretoria recebeu diversas premiações, entre elas, o Prêmio PRÓ-CATADOR, promovido pelo Ministério Público do Trabalho, em Curitiba-PR, e o Prêmio de prática reconhecida como iniciativa para a construção da AGENDA 2030, Projeto Saúde na Escola, no Município de Guaíra.

Em uma pesquisa realizada pela Diretoria, a ACG – Associação de Catadores de Guaíra, estima-se que, no ano de 2017, foram mais de 29 toneladas de resíduos sólidos recebidos por mês, enquanto no ano de 2018 o recebimento foi de 32 toneladas por mês, e no mês de 2019 houve a redução, para 27 toneladas por mês. Já para a coleta de lixo eletrônico, o valor chega a 3 toneladas anuais.

Para o ano de 2020, o Município de Guaíra, em parceria com a Itaipu, está realizando a reforma do antigo espaço ocupado pela ACG, que passará a contemplar com uma UVR – Unidade de Valorização de Recicláveis, e um Centro Administrativo. O valor da obra é orçado em R$ 650.029,75 reais, que, além do espaço administrativo e da UVR, serão aplicados na construção de cisterna, sistema de captação de água, garagem para veículos, passarela para interligar os dois prédios, ampliação da parte de execução, reforço dos muros de arrimo e cercamento por alambrado. O prazo estimado para conclusão da obra é em outubro deste ano.


Fonte: Assessoria

você pode gostar também

Deixe uma resposta

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

%d blogueiros gostam disto: