Capitão da PM deixa entrevista durante jornal ao vivo para prender suspeito de roubo em Foz

0

Uma situação incomum ocorreu segundos antes de uma entrada ao vivo realizada pela equipe da RPC durante o Meio-Dia Paraná desta quarta-feira (2), em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

Um homem suspeito de roubar um celular foi preso por um capitão da Polícia Militar (PM) que estava preparado para dar entrevista.

A reportagem estava na Avenida Jorge Schimmelpfeng, uma das principais vias do corredor turístico do município, em frente ao Colégio da Polícia Militar Militar Bartolomeu Mitre.

A intenção era falar, pela segunda vez, sobre o fim do período das inscrições do colégio e o sub-comandante do colégio, Capitão Gonçalves era o entrevistado.

Em torno de 20 segundos antes da entrevista entrar no ar, uma mulher gritou que o celular dela foi roubado por um homem em uma bicicleta. Neste momento, o suspeito passava na avenida onde a equipe estava.

Imediatamente, o capitão Gonçalves deixou o local, correu e conseguiu parar o suspeito. A equipe da RPC entrou ao vivo e mostrou o militar perseguindo o suspeito. O capitão da PM segurou o homem até a chegada de outro policial. O homem foi algemado e levado para uma delegacia.

O flagra foi feito pelo repórter Renan Gouveia e pelo repórter cinematográfico William Brisida.

“Apesar de estar trabalhando na área de ensino, não posso deixar passar a função principal que é a segurança pública. Sou policial durante 24 horas”, disse o capitão.

Durante a entrada ao vivo, uma telespectadora, que via o Meio-Dia Paraná, foi até o local e disse que a bicicleta era dela.

A bicicleta tinha sido roubada da casa dela na madrugada de segunda-feira (30), e foi reconhecida porque tinha uma bolsa embaixo do banco.

Leia a matéria completa no G1 PR clicando aqui!

Leave A Reply

Your email address will not be published.