Prêmio Nacional do Turismo reconhece iniciativas de Turismo Social

0 14

Iniciativas na área social foram condecoradas no Prêmio Nacional do Turismo. Crédito: Roberto Castro/MTur

A 2ª edição do Prêmio Nacional do Turismo, entregue no início de dezembro em Belo Horizonte (MG), consagrou três iniciativas inovadoras na categoria Turismo Social. O primeiro lugar ficou com o Projeto Praia Acessível, que promove a acessibilidade de idosos e pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida às praias de Fortaleza (CE), a partir de banhos assistidos em cadeiras anfíbias.

A ação na capital cearense, iniciada em abril de 2016, já atendeu cerca de 6.000 pessoas de todas as idades. “O programa Praia Acessível é talvez o mais bonito da nossa Secretaria, pois temos condição de dar assistência a muitas pessoas que nunca tiveram acesso ao mar. Então, esse prêmio é uma grande honra e um grande incentivo”, destaca Alexandre Pereira, secretário do Turismo de Fortaleza.

Já o Plano de Acessibilidade da Marejada de Itajaí (SC), considerada a maior festa do pescado no Brasil, conquistou o segundo lugar. A 33ª edição do evento, realizado em outubro, garantiu atendimento pleno a pessoas com algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida. A Marejada ofereceu balcão de acessibilidade, intérpretes de LIBRAS, cardápios com audiodescrição, auxílio para deficientes intelectuais, cadeiras de rodas e mesa tátil para cegos.

“O Plano de Acessibilidade da Marejada mostrou que é possível organizar e deixar acessível um evento de grande porte. Este segundo lugar é um ótimo resultado e um incrível reconhecimento para Itajaí, que vem evoluindo cada vez mais na área de eventos”, comemora o secretário de Turismo e Eventos de Itajaí, Evandro Neiva.

O terceiro lugar coube ao Projeto Férias Imperdíveis, desenvolvido pelo Sesc do Rio Grande do Sul. A iniciativa, realizada desde 2010, democratiza o acesso ao turismo por trabalhadores do comércio com renda de até dois salários mínimos. Eles podem usufruir de três hotéis da entidade em Porto Alegre, Gramado e Torres, recebendo um subsídio de 73% do custo total das viagens, que ajudam a impulsionar a atividade turística regional.

SOBRE O PRÊMIO – O Prêmio Nacional do Turismo é uma iniciativa do Ministério do Turismo, em parceria com o Conselho Nacional de Turismo (CNT), que tem como objetivo identificar, reconhecer e disseminar práticas inovadoras e casos de sucesso relacionados ao turismo. A 2ª edição homenageou 33 iniciativas de destaque, entre 418 projetos inscritos, e oito profissionais, dentre 200 registrados. Os vencedores foram anunciados durante a primeira Semana Nacional do Turismo, promovida em dezembro na capital mineira.​

Material publicado originalmente no site do Ministério do Turismo

O espaço está aberto para você deixar sua opinião.


Notice: Constant WP_USE_THEMES already defined in /home/blogdolagocom/public_html/index.php on line 14