Silva e Luna acompanha troca de comando da Aeronáutica em Foz

0 11
20200109RF9755 - Silva e Luna acompanha troca de comando da Aeronáutica em Foz
Solenidade de transmissão do comando do DTCEA-FI, em Foz do Iguaçu, nesta manhã de quinta-feira (9). Fotos: Rubens Fraulini.O diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, participou, na manhã desta quinta-feira (9), da troca de comando do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo (DTCEA-FI), unidade da Aeronáutica que é responsável pela segurança e controle do espaço aéreo na região de fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

A solenidade contou, também, com a participação do comandante interino do Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta II), coronel aviador Kazuhiko Toda, do diretor financeiro da Itaipu, almirante Anatalicio Risden Junior, e representantes das forças de segurança e de diversas instituições de Foz do Iguaçu e região.

20200109RF9788jie - Silva e Luna acompanha troca de comando da Aeronáutica em Foz
Comandantes das principais forças de segurança da região também participaram da solenidade.

O tenente-coronel Luís Otávio Esteves Pardini, que transmitiu o comando do DTCEA-FI, ressaltou a importância da unidade militar, que responde pelo controle do espaço aéreo numa área com 78 km de raio em torno do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, e com operação integrada com os aeroportos Guarani, no Paraguai, e Cataratas del Iguazú, na Argentina. Ao todo, são mais de 1.800 pousos e decolagens por mês.

Em seu discurso de despedida, ele agradeceu pelo apoio e parceria de diversas instituições e, dirigindo-se ao general Silva e Luna e ao coronel Francisco Ronald Fernandes (chefe da Assessoria de Informações da IB), destacou o excelente relacionamento com a binacional.

20200109RF9810jie - Silva e Luna acompanha troca de comando da Aeronáutica em FozDiretor Silva e Luna e o novo comandante do DTCEA-FI, major aviador Fernando de Melo Nunes.

“A integração entre as forças de segurança na fronteira não é uma opção. É uma área bastante sensível e, por isso, essa união é determinante para que tenhamos sucesso. E a Itaipu se beneficia muito dessa integração, porque a usina é uma estrutura das mais importantes para o Brasil e o Paraguai”, afirmou o DGB.

“Agradeço a Deus por esta oportunidade. É uma fase nova para mim, agora como comandante. Sei que vou contar com excelentes profissionais e, em equipe, daremos conta dos desafios que virão”, completou o major aviador Fernando de Melo Nunes, que assumiu o comando do DTCEA-FI.

Assessoria

O espaço está aberto para você deixar sua opinião.