Portal Blog do Lago
Informação de qualidade na Tríplice Fronteira

Final da novela ‘Jezabel’: Jezabel é lançada de palácio e acaba devorada por cachorros

0

Jezabel (Lidi Lisboa) vai ter um final trágico no último capítulo da novela “Jezabel”. A rainha má terá o corpo devorado por cachorros após ser atirada de uma sacada do palácio de Jezreel, relata roteiro obtido pelo Purepeople. A trama bíblica chega ao fim nesta segunda-feira (12) e será substituída pela reprise de “O Rico e Lázaro” (2017). Se a viúva de Acabe (André Bankoff) terá um desfecho cheio de dor, Samira (Laís Pinho) vai reencontrar a família após ficar sequestrada por alguns anos, e Joana (Camila Mayrink) também ganha direito a um final feliz.

Jéu atiça contra Jezabel: ‘Lancem esta mulher aqui para baixo!’

A sequência fatal para a perversa rainha começa no seu quarto no palácio, ao mesmo tempo em que Jeú (ator não divulgado) está no pátio cercado de soldados e com dois cães e mira seu olhar, atento, para a mãe de Acazias (Willeam Reis), tão perverso como ela. De longe, tudo é observado por Thiago (Daniel Erthal), Sidônio (Pedro Lamin) e Miguel (Igor Cosso). “Quem de vocês, servos, está do meu lado?”, questiona Jeú, preocupando Jaali (Edu Porto) e um outro eunuco. Jezabel, no entanto, faz pouco caso e ri de forma irônica. “Se estão comigo, lancem esta mulher aqui para baixo!”, esbraveja Jeú, sendo “fulminado” pelo olhar da vilã. “Joguem essa mulher se estão comigo! Agora!”, repete ele. Nesse momento, Jaali lembra o que Aisha (Adriana Birolli) lhe disse dias antes: “Na hora certa, Deus te mostrará o que fazer”. Recordando da frase da outra mulher de Acabe, Jaali captura Jezabel com a ajuda de Jeú e do outro eunuco. “Me soltem, seus malditos!!!”, protesta a rainha antes de ser atirada da sacada, repetindo o que aconteceu com seu filho.

Jeú atropela Jezabel após jogá-la da sacada do palácio

A partir daí, duas cenas em sequencia mostram efeitos especiais para apontarem a morte de Jezabel. O vento se intensifica, portas e janelas batem, os cavalos relincham e poeira sai do chão levada pela ventania. Os dois cães não são detidos por um servo, enquanto Jeú ao ver o corpo da víbora caído não pensa duas vezes e a atropela com seu cavalo. “Um feixe de raios de sol ilumina a face de Jeú, que está salpicada de sangue. Jeú está à frente de dezenas de soldados (…). O corpo de Jezabel, espatifado no chão, com os dois cachorros se aproximando e começando a devorá-la”, pede o roteiro. Em seguida, ele encontra Obadias e ordena: “Vá até aquela maldita, recolha o corpo e a sepulte porque Jezabel é filha de rei”.

Obadias lamenta fim trágico de Jezabel: ‘Pior que maldades que cometeu’

A mutilação apavora Miguel, Sidônio (Pedro Lamin), Matheus (Bernardo Velasco) e Thiago. “Cabeça, pés e mãos. Só isso restou da rainha”, relata Isaac (Leonardo Miggiorin). “O fim de Jezabel foi ainda pior do que as maldades que ela cometeu”, aponta Obadias. O roteiro pede para se mostrar o que restou da vilã, enquanto a câmera sobrevoa o palácio até chegar a vinha de Nabote (Flávio Galvão). “E através das mãos de Jeú todos que restavam da descendência de Acabe foram aniquilados, cumprindo-se assim o decreto do Deus de Israel feito por intermédio do profeta Elias (Iano Salomão). Jeú destruiu o templo de Baal e todos seus profetas, promovendo uma breve pausa na idolatria epidêmica de Israel, pausa essa que durou o tempo que Jeú foi cuidadoso em cumprir as diretrizes divinas, até que se esqueceu… e a historia recomeça, dessa vez com bezerros de ouro”, cita um locutor fazendo referência ao falso Deus visto ainda no final de “Os Dez Mandamentos”. “E mais uma vez a nação amada torna a olhar para outros deuses traindo assim Aquele que era, é, e sempre será, o Deus criador de todas as coisas. Israel tornou a esquecer que só o Senhor é Deus!”, diz um locutor encerrando a história.

Leia a matéria completa no Pure People clicando aqui!