Portal Blog do Lago
Informação de qualidade na Tríplice Fronteira

Pescadores profissionais de Santa Terezinha criam associação em busca de autonomia

Em atividade desde 26 de março de 2019, a Associação de Pescadores Profissionais e Aquicultores de Santa Terezinha de Itaipu busca dar maior autonomia para homens e mulheres que vivem da pesca

0
Voni: “A criação da Associação renovou nossas esperanças”

“A união faz a força” não é só um ditado popular, mas sim, uma realidade para àqueles que vivem da pesca profissional em Santa Terezinha de Itaipu. Em busca de autonomia, novas parcerias, além de programas de incentivo a pesca e investimentos em cursos voltados ao aperfeiçoamento dos profissionais, um grupo de 94 pescadores se uniram e, em 26 de março de 2019, criaram a Associação de Pescadores Profissionais e Aquicultores de Santa Terezinha de Itaipu (APPASTI). Os encontros acontecem na última sexta-feira de cada mês, em estrutura cedida pelo governo municipal.

De acordo com o presidente da associação, Renato Leal, a categoria precisa se reorganizar e busca, a partir da associação, meios de auxílio para se tornar mais preparada. “São famílias humildes que têm na pesca sua base de sustento. Eu faço parte desse grupo e quero, junto com eles, buscar melhorias, aperfeiçoamento e renda maior que irá refletir em melhor qualidade de vida”, disse. O apoio do governo municipal, por meio de melhorias realizadas nos pontos de pesca e acessos, também foi citado pelo presidente como fundamental. “A estrada de acesso aos pontos de pesca são boas, o que facilita e movimenta a interação entre comprador e pescador”.

Para Voni Ritcher Peres que vive da pesca há mais de 15 anos, a criação da associação renovou as esperanças de um futuro melhor. “Nem sempre foi fácil viver da pesca, mas com o apoio do município e agora da associação, acredito que as coisas vão melhorar”, pontuou.

DECOMSTI
Texto e fotos