Portal Blog do Lago
Informação de qualidade na Tríplice Fronteira

3ª Conferência Municipal de Turismo: “Foz do Iguaçu 2030: um futuro melhor para todos”

0

Com o tema “Foz do Iguaçu 2030: um futuro melhor para todos”,  3ª Conferência Municipal de Turismo será realizada no dia 28 de setembro, às 14h, no anfiteatro do Centro Universitário UDC. Serão realizadas cinco pré-conferências – a primeira no dia 10 de agosto – por segmentos, reunindo o trade turístico, organizações da sociedade civil, trabalhadores, instituições de ensino e a população em geral.

A programação do encontro foi apresentada pela Secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, nessa quinta-feira, 25, em sessão do Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

O secretário municipal de Turismo, Gilmar Piolla, ressaltou que o processo da conferência é um diálogo aberto em que todo o cidadão iguaçuense pode participar. Ele lembrou que neste ano serão aprovadas as diretrizes para o Plano Municipal de Turismo, documento que norteará as políticas públicas na área ao longo da próxima década.

“Faço um convite para que toda a comunidade iguaçuense participe da Conferência de Turismo. As propostas aprovadas servirão de base para um projeto de planejamento do futuro”, frisou. “Vamos deliberar sobre tudo o que queremos desenvolver nos próximos dez anos, para que nosso turismo continue crescendo de forma sustentável, gerando emprego e renda para todos, com a Gestão Integrada fortalecida”, destacou Piolla.

Presidente do Comtur, Carlos Silva enfatizou que a 3ª Conferência de Turismo acontecerá em um momento singular para a cidade. Ele reforçou a importância da participação da população nas pré-conferências e na conferência. Para Silva, é compromisso e tarefa de toda a sociedade iguaçuense a construção de um plano para orientar o turismo até o ano de 2030.

“O convite é para a participação de todos. Convocamos os representantes da sociedade civil e suas entidades, e os membros do Comtur, a participar dessa ampla mobilização e a divulgar a conferência”, sublinhou. É uma oportunidade em que a sociedade pode contribuir para o desenvolvimento do turismo. Se a cidade é boa para o iguaçuense, será atrativa para o turista. Por isso a comunidade deve se envolver”, concluiu.

Participação e deliberação

Integrante do comitê organizador da 3ª Conferência de Turismo e professora da Unioeste/Foz, Aurelinda Lopes afirmou que as instituições devem mobilizar seus representantes para participar desse fórum de discussão e deliberação. “É um momento para reafirmarmos nosso compromisso e objetivos com o futuro do turismo de Foz do Iguaçu”, avaliou.

O chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Ivan Baptiston, disse que conferências de políticas públicas promovem a interação entre a sociedade e o poder público. “São instâncias em que cada cidadão deve participar e colocar suas ideias. Foz é um grande destino turístico, por isso todos nós devemos participar da Conferência de Turismo para ajudar a construir caminhos e agendas”, apontou.

Leia a matéria completa no Não Viu clicando aqui!