Portal Blog do Lago
Informação de qualidade na Tríplice Fronteira

Prêmio Braztoa de Sustentabilidade: inscreva o seu projeto!

0
PREMIAÇÃO

Oitava edição do concurso, apoiado pelo Ministério do Turismo, certifica iniciativas inovadoras voltadas ao desenvolvimento responsável do setor

Por André Martins (com informações da Braztoa)

Hotel Sesc Porto Cerrado, vencedor do Prêmio Braztoa Top 2018. Crédito: Sesc/MT

Primeiro do mundo a receber a chancela da Organização Mundial do Turismo (OMT), o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2019/2020 está com as inscrições abertas até o dia 9 de agosto. A iniciativa, uma parceria da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo com o Ministério do Turismo, pretende reconhecer projetos que impactam o setor a partir de boas práticas ambientais, econômicas e socioculturais. CLIQUE AQUI PARA INSCREVER PROJETOS

A premiação também busca promover a contribuição do Brasil à Agenda 2030 e ao cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), que englobam questões como inclusão social e preservação ambiental. O ministro do Turismo interino, Daniel Nepomuceno, estimula a participação no processo. “Sustentabildade é hoje palavra de ordem no nosso setor, pelo grande poder do turismo de gerar emprego e renda e também favorecer a conservação da natureza, um dos nossos principais atrativos. A premiação induz a uma permanente busca por inovação na área, fornecendo bons exemplos a serem seguidos”, ressalta.

A seleção, cujo júri é integrado pelo MTur, busca identificar, incentivar e dar visibilidade a iniciativas de destaque divididas em seis categorias: Associados Braztoa, Agências de Viagem, Meios de Hospedagem, Parceiros do Turismo (operadoras não associadas, empresas aéreas, instituições governamentais, etc) e Mídia, além de uma menção honrosa a trabalhos acadêmicos.

Uma das novidades da oitava edição do concurso é a inclusão de ações realizadas por profissionais de meios de comunicação entre as propostas elegíveis, de forma a reforçar a disseminação do tema junto à sociedade. Os materiais podem envolver reportagens de veículos impressos, online, rádio e TV, desde que abordem a temática da sustentabilidade e tenham sido veiculadas publicamente entre 1º de julho de 2018 e o último dia de inscrições.

Fruto de uma avaliação feita por associados da Braztoa, ex-vencedores e jurados do prêmio, a edição deste ano terá um processo seletivo mais simplificado, subdividido em fases, de forma a reduzir a necessidade da apresentação de documentos já na primeira etapa, por exemplo. Além disso, o regulamento foi completamente remodelado, para garantir mais clareza, objetividade e transparência. “Fizemos esse grande trabalho de imersão, debates e mudanças em conjunto, para que possamos catalisar a atuação responsável do turismo brasileiro, unindo o setor em torno do propósito da sustentabilidade”, justifica o presidente da Braztoa, Roberto Nedelciu.

Todos os vencedores receberão o selo ‘Vencedor do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2019/2020’ e a associação também providenciará a divulgação dos premiados no Anuário Braztoa 2020. O júri vai selecionar um dos vencedores para receber outros benefícios exclusivos, como um vídeo institucional da iniciativa, produzido pelo Ministério do Turismo, e a inclusão no Mapa do Turismo Sustentável no Brasil, desenvolvido pela entidade em parceria com o MTur, além de uma bolsa de estudos integral para um curso de pós-graduação (EaD) do Senac-SP.

As inscrições poderão ser feitas até as 17h59 (horário de Brasília) do dia 9 de agosto. Os finalistas vão ser conhecidos durante a 47ª ABAV Expo e o 52º Encontro Comercial Braztoa, que ocorrem em setembro na capital paulista, e o anúncio dos vencedores ocorrerá durante a Convenção Braztoa 2019, marcada para novembro, na cidade de Canela (RS).

SOBRE O PRÊMIO

Lançado em 2012 pela Braztoa, o prêmio já conta com mais de 430 iniciativas inscritas e 79 reconhecidas, provenientes de todas as regiões do Brasil. As categorias são avaliadas conforme os seguintes critérios: abordagem sistêmica em sustentabilidade; relevância para o negócio e o desenvolvimento local; inovação e abrangência do impacto e replicabilidade/escalabilidade. Na última edição (2018/2019), 18 finalistas foram selecionados entre 75 projetos cadastrados, de um total de 143 registrados.

Leia a matéria completa no Mtur clicando aqui!