Portal Blog do Lago
Informação de qualidade na Tríplice Fronteira

Jovens palestinos realizarão o Encontro da Comunidade Árabe Palestina no Brasil, em Foz

0
 A Juventude Sanaúd promoverá um encontro nacional com intuito de reacender o patriotismo de jovens de origem palestina e debater as causas sociais do povo árabe.

Por Vitória de Góes

O Encontro da Juventude Árabe Palestina Sanaúd, dos dias 26 à 28 de julho, em Foz do Iguaçu. Imagem: Divulgação

A cada dia que passa nos deparamos com mais manchetes em jornais, retratando a situação de imigrantes dos mais variados países, que deixam suas terras em busca de qualidade de vida. Um dos casos mais conhecidos é de imigrantes árabes, muitos fugindo de guerras político-religiosas e sonhando com um futuro melhor.

O Brasil recebe um número expressivo desses imigrantes, e atualmente em Pelotas, cerca de 25 famílias residem e constroem suas vidas na capital nacional do doce. Visto a necessidade de se unir para discutir pautas sobre os conflitos que ainda ocorrem em suas terras, buscando alertar, manter o sentimento de patriotismo e de alguma maneira ajudar quem ainda reside nas zonas de guerra, é que aqui, no Brasil, foi fundada a Juventude Sanaúd. Uma organização sem fins lucrativos, composta por jovens, muitos filhos e netos de palestinos, que cresceram já no Brasil, mas que mantêm as tradições árabes e seguem a religião islã.

Yousef Amer, filho de palestinos e aluno de Engenharia de Petróleo da UFPel, é Presidente de Organização de Eventos do Sanaúd, que neste ano com o auxílio da Federação Árabe Palestina do Brasil (FEPAL), estará promovendo o Encontro da Juventude Árabe Palestina Sanaúd, dos dias 26 a 28 de julho, em Foz do Iguaçu, Paraná.

O primeiro encontro da Juventude Sanaúd ocorreu em 1985, por coincidência, na mesma cidade que será sede neste ano. Porém, de lá para cá muitas coisas mudaram, pois, anos depois muitos integrantes deixaram o Brasil por conta do aumento de casos de xenofobia, problema que vem se manifestando no mundo todo com a crescente onda de imigração. Somente em abril deste ano, durante o 10º Congresso da FEPAL, que surgiu novamente a vontade de unir os jovens palestinos do Brasil em busca de trazer de volta a luta por causas sociais da comunidade, tão necessária nesse momento aqui no país e no território palestino.

Yousef conta que o nome da organização foi uma homenagem ao antigo Sanaúd de 1985, a palavra significa “Voltaremos”, que demonstra o anseio do povo pela retomada de suas terras e pela paz e reconstrução de suas vidas no país que hoje está no poder de Israel. E que nesse momento, é de suma importância reafirmar suas origens e manter informados os jovens que cresceram fora da Palestina, e que apesar de cultuarem as tradições, não tem noção do tamanho dos conflitos que trouxeram a família até aqui. “Ao contrário do que muitos pensam, nós não viemos com propósito de “roubar” empregos e comércios dos brasileiros. Nossos avós e pais vieram em busca de uma vida melhor, de trabalhar para garantir um futuro para suas famílias e poder voltar para nossa terra. Por que lá a economia e os conflitos não permitem que tenhamos condições disso, então precisamos procurar por alternativas para trabalhar, estudar e poder dar uma vida digna à família”, conta Yousef.

O Encontro da Juventude Sanaúd vai contar com uma programação de palestras e bate-papos mediados por membros da antiga organização e com outros convidados, como por exemplo o coordenador, professor e Doutor em Relações Internacionais da UFPel, Fábio Duval. Ele que também é integrante do Grupo de Análise Estratégica Oriente Médio e África Mulçumana (Gae-Oman), composto por alunos e professores do curso de Relações Internacionais da universidade.

Como é um evento voltado para jovens, também haverá momentos de descontração, como uma gincana envolvendo a cultura árabe, passeio por Foz do Iguaçu e uma integração com a comunidade palestina residente na cidade, que estarão oferecendo um jantar de acolhimento a todos os jovens palestinos que se deslocarão de diversos estados do Brasil, para esse encontro no Paraná.

Organizador do encontro, Yousef também faz parte do grupo que organiza a viagem que sairá de Porto Alegre com destino à Foz do Iguaçu, e salienta que não apenas os jovens de origem palestina podem participar, mas todos àqueles que apoiam a causa. Interessados podem entrar em contato com ele por meio das redes sociais pessoal ou do Instagram oficial @juventude_sanaúd.

Em meio a tantas questões de imigração e casos de xenofobia, é importante que não apenas o povo palestino, mas todos os outros que foram obrigados a deixar seus lares por conflitos econômicos, políticos ou sociais, estejam unidos para defender seus direitos. Quanto a nós, é necessário ter empatia e aprender a conviver com as diferenças, por que além delas temos igualdade quando o assunto é construir uma vida digna.

Leia a matéria completa no site Em Pauta clicando aqui!