São João da Bahia: mais de 130 atrações e 50 horas de música

0

Quando a última banda tocou na madrugada desta segunda-feira (24), o São João da Bahia, festa promovida pelo Governo do Estado da Bahia por meio da Bahiatursa, na sua totalidade, completava mais de 50 horas de música no Pelourinho e em Paripe, em Salvador.

Cerca de 130 atrações se dividiram nos palcos dos largos do Pelourinho, Quincas Berros d´Água, Tereza Batista, Pedro Archanjo e do Cruzeiro de São Francisco, no Terreiro de Jesus e em Paripe. No ano do “Respeita as Mina”, uma decoração foi espalhada pelos 780 mil metros quadrados do Pelourinho, inspirada no tema.  Ao todo foram mais de 35 mil metros de bandeirolas distribuídas entre ruas e largos, no projeto da artista Telma Calheira.

Em 2019, a festa começou em Periperi, na Praça da Revolução, no dia 19, com o Campeonato Estadual de Quadrilhas Juninas, encerrado no sábado, dia 22. Mais de 40 agremiações de diversos pontos da Bahia mostraram suas coreografias e colorido. O grupo especial se apresentou no dia 20 e teve como vencedora a Cia da Ilha, da cidade de Vera Cruz. Em 2° lugar ficou a quadrilha Asa Branca, do Cabula, e, em 3°, o Forró do ABC, da Liberdade.

No dia 20, os festejos juninos foram oficialmente abertos no Pelourinho. Com programação nos três largos, Tereza Batista, Quincas Berro D’Água e Pedro Archanjo, o primeiro show começou às 18 horas. Com o bairro lotado, atrações como A Patroa, Carlos Vilela e Lucas Melo fizeram apresentações com espaços esgotados.

O palco principal, no Largo do Pelourinho, foi aberto no dia 21. Reforçando a campanha, vozes femininas dominaram os palcos. O grande destaque da noite foi Elba Ramalho. Antes de subir no palco, a cantora disse: “O tema da festa aqui na Bahia é extremamente oportuno, que destaca o respeito às mulheres. A minha função é transmitir alegria e uma mensagem positiva de esperança”, afirmou a cantora.

No dia 22, a programação pé quente animou o público para a partida Brasil e Peru, pela Copa América. A banda Parangolé abriu o palco da Praça João Martins, em Paripe. Este é o quarto ano de festa no bairro. A noite contou com Anna Catariana e Swing do Luh.

No Pelourinho, Alceu Valença lotou o largo principal. O cantor fez o público cantar com sucessos como La Belle De Jour, Coração Bobo e Anunciação. A grade do espaço foi iniciada por Carlos Pita, seguido por Enok Virgulino. No domingo, 23, foram destaques Solange Almeida e Simone e Simaria, em Paripe. A programação começou com Irmanada, o terceiro show foi da dupla Simone e Simaria e terminou ao som de Forró Didaindoido, Tierry e Dinho Santos.

Leia a matéria completa no M&E clicando aqui!

Leave A Reply

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. AcceptRead More