Ciudad del Este pode se transformar em cidade universitária

0 26

Representantes educacionais de Ciudad del Este apresentaram um projeto ao Conselho Municipal da cidade pedindo a transformação do município em Cidade Universitária, Polo Acadêmico e Regional, além de Polo Econômico e Cultural. O grupo pede ainda a regularização das Universidades com a Agência Nacional de Avaliação do Ensino Superior (ANEAES) e CONES (Conselho Nacional de Educação Superior).

O projeto foi apresentado por Rigoberto Chamorro, Alcides Ramírez e José Luis Guggiari durante uma audiência pública do Conselho Municipal. O argumento apresentado pelos propositores é de que, segundo dados levantados, Ciudad del Este contabiliza entre 15 e 20 mil estudantes brasileiros que cursam as Universidades do Município, principalmente a faculdade medicina.

Para Ramírez, esses número expressivos de estudantes significa um movimento importante quanto a arrecadação do município e por esse motivo é necessário melhorar as condições para que CDE se converta em uma cidade universitária, polo acadêmico, econômico e cultural.

Entre as propostas apresentadas no projeto estão a construção de um Hospital Escola, que poderia ser financiado pela Itaipu Binacional, que fosse administrado pela Universidade Nacional del Este, melhorias na Biblioteca Municipal, com adequação arquitetônica e ampliação do atendimento para 24 horas, além de melhorar a conexão de internet. A proposta também estabelece que as universidades estejam adequadas as exigências acadêmicas, administrativas e legais.

Os propositores também indicaram a criação da Secretaria de Assistência ao Estudante, como o objetivo de facilitar a regularização da situação de residência dos estudantes junto as instituições estatais. O projeto foi encaminhado para as comissões para ser analisado. Os reitores e decanos da Universidade Nacional del Este foram convocados para uma reunião onde o assunto deverá ser tratado. Para Ramírez, trata-se de um projeto cidadão que busca aproveitar as condições atuais para regularizar e otimizar diversos serviços da cidade.

Fonte: La Clave

Leia a matéria completa na Rádio Cultura Foz clicando aqui!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More