Cidades da Tríplice Fronteira poderão ter projeto integrado de educação ambiental sobre resíduos sólidos

0 36

As cidades das Três Fronteiras poderão desenvolver uma iniciativa inédita na área de meio ambiente e tratamento de resíduos. O Conselho de Desenvolvimento Trinacional (Codetri) está concluindo a proposta #AquiCuidamos: Projeto de Educação Ambiental Integrada sobre Resíduos Sólidos na Região Trinacional.

O Codetri é formado pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz), Conselho de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental de Ciudad del Este (Codeleste) e Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Puerto Iguazú (Codespi). As entidades fomentam ações e políticas públicas integradas para a região.

O projeto #AquiCuidamos surgiu da demanda identificada pelas câmaras técnicas de Meio Ambiente em estudos, levantamentos e visitas técnicas realizadas nas três cidades. Para a elaboração da proposta foram consideradas as áreas de circulação comum de turistas e moradores das Três Fronteiras.

O projeto reúne ações práticas e imediatas, como a instalação de lixeiras padronizadas e funcionais, até ações conjuntas de educação ambiental. A meta prevê, em longo prazo, a gestão integrada de resíduos na região trinacional, modelo preconizado pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU).

“Esse projeto poderá ser a primeira experiência efetivamente integrada entre as três cidades na área de meio ambiente, beneficiando moradores e turistas”, frisou a presidente do Codetri, Linda Taiyen. “Cada localidade com sua autonomia e particularidades, mas as três juntas construindo soluções sustentáveis e cuidados adequados da natureza”, apontou.

A proposta foi aprovada em assembleia do Codetri. O projeto agora está sendo deliberado nas instâncias do Codefoz, Codeleste e Codespi para então ser encaminhado, na forma de proposta de política pública, para os entes governamentais em cada localidade, e iniciar a articulação entre poder público e sociedade civil para sua implementação.

“É um modelo de governança no campo do meio ambiente absolutamente inovador nas Três Fronteiras”, enfatizou o presidente do Codefoz, Mario Camargo. “O passo agora é concluir a sua aprovação nos três conselhos, até o início do mês de dezembro, começar o trabalho junto ao poder público para a efetivação do projeto”, expôs.

Outras pautas

Na assembleia, o Codetri também definiu que irá reivindicar representação no Parlasul, o Parlamento do Mercado Comum do Sul (Mercosul). Essa proposta foi apresentada pelo presidente da Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (ACIFI), Faisal Ismail.

Os conselheiros realizaram um balanço da viagem feita por representação do Codetri a países da União Europeia, em busca de parcerias e apoio a projetos. Fernanda Fedrigo falou sobre a missão institucional e oportunidades de financiamento e recursos tecnológicos disponíveis nas nações europeias e de interesse das cidades da região trinacional.

O Codetri também instituiu duas câmaras técnicas, de Turismo e de Logística, para atender às demandas e necessidades de trabalho do colegiado. Na assembleia, os integrantes aprovaram por unanimidade a permanência de Linda Taiyen na presidência do conselho trinacional para o mandato de mais um ano.

Assessoria

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More