Portal Blog do Lago
Informação de qualidade na Tríplice Fronteira

Foz lança campanha “Pedágio Grátis” para ônibus de turismo

0

Foz do Iguaçu apresentou uma iniciativa inédita para atração de turistas de todo o país. Trata-se da campanha “Vem pra Foz que o Pedágio é por nossa conta”. A medida vale para operadoras, agências de viagens e empresas de transporte turístico que comercializarem pacotes turísticos exclusivamente por ônibus, já a partir do mês de agosto. Mais de 20 hotéis e pousadas já aderiram à iniciativa.

A ação foi anunciada na manhã de ontem, 13, pelo prefeito Chico Brasileiro e lideranças do trade turístico durante o evento Meeting de Turismo Rodoviário – O Sul é meu destino – que fez parte da programação paralela do Festival de Turismo das Cataratas.

As agências de viagens, operadoras de turismo e empresas de transporte turístico de todo o país que comercializarem pacotes turísticos exclusivamente por ônibus, com hospedagem mínima de três diárias no hotel participante, terão o valor do pedágio pago pelo estabelecimento.

“É uma medida estratégica para o desenvolvimento do turismo de Foz do Iguaçu. Com essa ação inédita, vamos fazer com que famílias, jovens e o público da terceira idade desses estados brasileiros conheçam as belezas de nossa cidade”, afirmou o prefeito.

O presidente do Sindhoteis, Neuso Rafain, destacou que atualmente 110 milhões de pessoas viajam pelo turismo rodoviário no país. Ele acredita que as companhias aéreas não serão capazes de atender a demanda.

“Vou exemplificar: o Aeroporto de Foz tem uma média de 26 voos diários, o que representa uma média de 6 mil pessoas, mas a rede hoteleira de Foz tem uma oferta de 32 mil leitos. Acreditamos que com essa campanha vamos alcançar uma fatia importante de turistas brasileiros que viajam pelo meio rodoviário e não conhecem Foz do Iguaçu”, afirma.

O secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos de Foz do Iguaçu, Gilmar Piolla, disse que o custo de uma passagem rodoviária é de 1/4 de uma passagem aérea e que a iniciativa visa diminuir a ociosidade existente na rede hoteleira. Ano passado, a taxa de ocupação média dos meios de hospedagem ficou em 65%.

“Nos próximos dias, pretendemos nos reunir com os órgãos de fiscalização e segurança, como Receita Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e ANTT, nos próximos dias, para pedir cooperação e definir checklist de exigências que devem ser cumpridas pelas empresas responsáveis pelo transporte rodoviário”, afirma.

Além do prefeito Chico Brasileiro, também estiveram presentes o presidente do Sindhoteis, Neuso Rafain, o presidente da Paraná Turismo, João Jacob Mehl, o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, o assessor do deputado Federal Vermelho, Sérgio Beltrame, representantes das empresas de emissivo turístico rodoviário, o diretor da CVC Corp, Claiton Armelin, o presidente do Beto Carrero, Rogério Siqueira, integrantes da Associação Nacional de Transportadores Turísticos e agentes de viagem.

Leia a matéria completa no Portal da Cidade clicando aqui!