PANC´s é tema de curso com municípios do Oeste do Paraná e Mato Grosso do Sul ​​​​​​​

0

Dinâmica será desenvolvida com sete núcleos pelo Conselho dos Lindeiros, Itaipu Binacional e parceiros regionais.

A Itaipu Binacional e o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, por intermédio do Convênio Educação Ambiental e Cultura “Linha Ecológica” fará a 3ª, e última etapa, da formação continuada de segurança alimentar e nutricional com os coordenadores da alimentação escolar, nutricionistas e cozinheiras de 54 municípios da Bacia do Paraná 3 (BP3) , região Oeste do Paraná e Consórcio Intermunicipal para Desenvolvimento da Região Sul de Mato Grosso do Sul (Conisul).

O tema do 3º Encontro Formativo será a ‘Utilização das Plantas Alimentícias não Convencionais (Pancs), na Alimentação Escolar’. A dinâmica será coordenada pela nutricionista Daniela Miotto Bernardi. Os conteúdos englobam o conceito de agrobiodiversidade e pancs, valor nutricional das pancs e a importância biológica da variedade e diversidade alimentar. “É importante porque estamos ampliando o nosso leque de utilização daquilo que podemos produzir nas propriedades para alimentação”, observa o presidente do Conselho dos Lindeiros, Leomar Rohden (Mano).

O coordenador do Convênio, Mauri Schneider, ressalta que as formações contam com a parceria da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), com certificação do projeto de extensão e da Associação dos Nutricionistas do Oeste do Paraná (Anuop), nas formações, teórica e prática. “Essa proposta tem uma ação mobilizadora, articulada e com base em três eixos de atuação do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae): Alimentação Saudável; Nutrição e Promoção da Saúde; Educação Alimentar e Nutricional.

O Curso

O curso será desenvolvido em duas etapas, a teórica e a prática. Para a parte prática, as merendeiras e nutricionistas serão divididas em seis grupos. Cada grupo trabalhará com uma panc diferente. O preparo será feito a partir de duas dinâmicas, uma em que os participantes recebem uma receita e executam, e outra em que os participantes criam uma receita. Serão utilizadas a Taioba (Xanthosoma Taioba), Ora pro Nobis (Pereskia grandifolia), Cara Moela (Dioscorea bulbifera L.), Peixinho (Stachys byzantina), Azedinha (Rumex acetosa L.) e Capuchinha (Tropaeolum majus L.).

As formações contam com a participação de aproximadamente 220 profissionais da alimentação escolar dos municípios organizados em sete núcleos.

Formações

O primeiro núcleo se reunirá dia 05 de novembro em Medianeira com a participação dos municípios de Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, Medianeira, Serranópolis do Iguaçu, Itaipulândia, Missal e Santa Helena. Dia 06 de novembro, haverá o encontro do segundo núcleo no município de Diamante D’Oeste com a participação de Cascavel, Céu Azul, Vera Cruz do Oeste, São Pedro do Iguaçu, Diamante D’Oeste, Santa Tereza do Oeste e Matelândia.

O terceiro núcleo fará a dinâmica dia 12 de novembro no município de Entre Rios do Oeste com a participação de Toledo, Marechal Cândido Rondon, Mercedes, Entre Rios do Oeste, Pato Bragado, Quatro Pontes, Ouro Verde do Oeste e São José das Palmeiras. Dia 13, em Francisco Alves, haverá a participação dos municípios de Guaíra, Terra Roxa, Francisco Alves, Amambai (MS), Caarapó (MS), Coronel Sapucaia (MS), Sete Quedas (MS) e Tacuru (MS).

O quinto núcleo será reunido dia 19 de novembro em Mundo Novo (MS), com a participação dos municípios de Maripá, Palotina, Nova Santa Rosa, Mundo Novo (MS), Eldorado (MS), Iguatemi (MS), Itaquiraí (MS) e Japorã (MS).

Em 20 de novembro no município de Tupãssi, participarão, Brasilândia do Sul, Assis Chateaubriand, Tupãssi, Jesuítas, Formosa do Oeste, Iracema do Oeste, Cafelândia, Corbélia, Anahy, Iguatu e Nova Aurora. E, o 7º núcleo participa dia 26 de novembro em Cascavel, envolvendo os municípios de Campo Bonito, Guaraniaçu, Diamante do Sul, Catanduvas, Lindoeste, Santa Lucia, Capitão Leônidas Marques e Boa Vista da Aparecida.

Assessoria

Leave A Reply

Your email address will not be published.