Segurança na fronteira e consórcio são destaques em Assembleia dos Lindeiros

0

A Assembleia Geral Ordinária (AGO), do Conselho de Desenvolvimento dos Municípios ao Lago de Itaipu, teve como principais destaques a segurança pública e deliberação sobre convênio de pavimentação asfáltica com Itaipu em parceria com o Consórcio Público Intermunicipal de Inovação e Desenvolvimento do Estado do Paraná (Cindepar). Além disso, a pauta contemplou a apresentação de cursos do Senai disponíveis para a região, assinatura de termo de cooperação técnica com a FAG, assinatura do termo de repasse de recursos da Associação de Motociclistas e Amigos de Santa Helena (Amash), para a Gincana Jovens Lindeiros Ligados à Vida, e assuntos gerais.

Com o Cindepar, a preocupação dos prefeitos lindeiros estava relacionada à continuidade da pavimentação asfáltica na região após a troca de diretoria do Consórcio, responsável pela execução das obras. Conforme o prefeito de Sabáudia, Edson Hugo Manueira, que assumiu o Cindepar, dia 06 de novembro, quando terminam as férias coletivas dos servidores do setor operacional, retornarão os serviços aos municípios. “Estamos tomando conhecimento no momento, e, os serviços foram paralisados para poder organizar o consórcio”, ressalta. “Todos fiquem tranquilos, pois será dado continuidade aos trabalhos”, frisa.

Jovens Lindeiros

A Gincana Jovens Lindeiros Ligados à Vida também foi destacada na AGO com a assinatura do termo de repasse de recurso da Amash. São R$10 mil provenientes do 6º Santa Helena Motorcycle que aconteceu no município de 18 a 20 de outubro, promovido pelo Motoclube Forasteiros do Oeste. “Neste ano resolvemos fazer um edital público chamando um concurso e a Gincana Jovens Lindeiros Ligados à Vida foi um dos projetos escolhidos”, ressalta o presidente da Amash, Eduardo Rodrigues Junior.

Tetos

Os prefeitos também apreciaram, e aprovaram, sem questionamentos, a revisão do teto mínimo e teto máximo da contribuição ao Conselho dos Lindeiros. A contribuição mínima passou de R$200 para R$400 e a máxima de R$6 mil para R$9 mil. O ajuste era visto como necessário, já que, há mais de 10 anos não é reajustado.

Projeto Olho Vivo

Os membros do Conselho dos Lindeiros também conheceram o Projeto Olho Vivo, do Governo do Estado do Paraná, o qual tem o objetivo de monitoramento, com plataformas que permitam identificação automática, pela placa, de veículos com alertas de furtos ou roubo. “É possível fazer a leitura de placas para gerar os alertas e os municípios podem auxiliar aquisição das câmeras”, frisa o coronel do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), Saulo de Tarso Sanson Silva. Outro destaque foi o Fusion Center, que será implantado em Foz do Iguaçu com integração e comunicação entre as diferentes instituições de segurança pública. O Sistema Córtex será responsável por interligar toda a fronteira do Brasil e outros países. As novas ferramentas e funcionalidades têm como exemplo estruturas implantadas nos Estados Unidos com resultados positivos, segundo as autoridades em segurança.

Árvores Digitais

Os prefeitos também foram comunicados a respeito do convênio das árvores digitais que se encerra no dia 14 de novembro, data a partir da qual cada município deve assumir a parte de manutenção e internet das estruturas.

Assessoria

Leave A Reply

Your email address will not be published.