Com o encerramento da colheita em muitas regiões, preços do tomate registram alta

0

O tomate salada longa vida se valorizou pela segunda semana consecutiva entre os dias 7 e 11 de outubro. No Rio de Janeiro, o 3A foi comercializado na média de R$ 64,17/cx de 20 kg na semana, alta de 46,41% frente à semana anterior. Na Ceagesp, a média foi de R$ 58,89/cx, aumento de 24,22% na mesma comparação. Segundo colaboradores do Hortifrúti/Cepea, as valorizações estão atreladas à menor disponibilidade do fruto, uma vez que a primeira parte da safra de inverno está se encerrando em muitas regiões produtoras e, assim, grande parte dos tomates já foi ofertada. Em Mogi Guaçu (SP), a colheita está praticamente encerrada, e, apesar dos preços mais baixos em agosto e setembro, a rentabilidade média da região ficou positiva em todos os meses da safra, que teve início em abril – na parcial da temporada (maio a setembro), os valores ponderados pela classificação ficaram em R$ 55,50/cx, 105% acima dos custos de produção, que fecharam em R$ 27,00/cx. Quanto à produtividade, fechou em 369,17 cxs/mil pés, 17% abaixo da média do ano passado (de 443,33 cx/mil pés). Segundo colaboradores do Hortifrúti/Cepea, esse cenário é decorrente de problemas com broca nas primeiras roças, que, embora controlados, acabaram prejudicando o rendimento. Ainda neste mês, a primeira parte da safra de inverno também deve se encerrar em Pará de Minas, Pimentas (MG), Itaocara (RJ) e Venda Nova do Imigrante (ES).

Fonte: Cepea

Leave A Reply

Your email address will not be published.