Novela ‘Éramos Seis’: Júlio ganha esmola ao ser confundido com mendigo e se revolta

0

Júlio (Antonio Calloni) vai se revoltar quando for comparado a um mendigo na novela “Éramos Seis”. O patriarca da família Lemos chega a ganhar esmola de um casal quando é visto sentado na sarjeta para se recuperar de séria crise de úlcera, que o acompanha desde o primeiro capítulo. Isso ocorre quando o gerente de sua conta lhe recusar a dar um empréstimo para o marido de Lola (Gloria Pires) se tornar sócio de Assad (Werner Schünemann) na loja de tecidos em um golpe do comerciante. Antecipada pelo colunista de TV Daniel Castro a sequência deve ir ao ar nesta segunda-feira (14) na trama das seis.

Lola bate-boca com Júlio por conta de proposta de Assad

A proposta é feita por Assad em troca de 50 mil contos de réis quando ele descobre que a mulher do funcionário tem uma tia milionária, Emilia (Susana Vieira). Quando revela para Lola a ideia do patrão, Júlio é alertado pela mãe dos seus quatro filhos. “Estou inconformada. Como foi capaz de topar negócio com o turco?”, questiona a matriarca, outro alvo do temperamento agressivo de Júlio. Na briga, mais uma vez o pai de Carlos (Xande Valois) sente pontada na úlcera, colocando ponto final na discussão.

Gerente recusa emprestar dinheiro a Júlio

É no dia seguinte que Júlio vai até o banco em troca do empréstimo milionário e ouve um “não”. Embora esteja com a prestação do casarão na avenida Angélica atrasada, o pai de Alfredo (Pedro Sol), em quem já deu uma surra, oferece a casa como garantia, porém fracassa novamente. “Ontem mesmo esteve na agência e reclamou dos juros da prestação. Vai ser difícil conseguir alguma coisa. A não ser que consiga um fiador… Mas, sendo assim, peça emprestado ao fiador”, aponta o funcionário do banco.

Casal revolta Júlio ao lhe dar esmolas: ‘Sacripanta!’

O patriarca dos Lemos fica revoltado e, de novo, tem uma ataque na úlcera. Júlio retira seu chapéu e se senta à beira da calçada para se recuperar. Nesse momento, um casal passa pelo marido de Lola e o confunde com um pedinte, lhe dá uns trocados, revoltando ainda mais o amante de Marion (Ellen Rocche), dona de um elegante cabaré. “Ora… Acha que sou… Serei sócio de uma loja, sócio! Sacripanta!”, dispara o pai de Carlos, Alfredo, Julinho (Davi de Oliveira) e Isabel (Maju Lima).

Nova versão da novela tem diferenças para a trama de 94

Essa é a quinta vez que o romance de Maria José Dupré ganha as telinhas. A primeira versão foi ao ar na RecordTV em 1958. A extinta Tupi apresentou a novela em 1967 e em 1977. Já o SBT, em 1994. A atual versão apresenta algumas diferenças na comparação com a história exibida pela emissora de Silvio Santos. Uma delas é que Lola é menos submissa ao marido. Já Inês (Gabriella Saraivah/Carol Macedo) é uma jovem de origem nordestina ao invés da Carmencita (Júlia Ianina/Nina de Pádua), que era espanhola.

Leia a matéria completa no Pure People clicando aqui!

Leave A Reply

Your email address will not be published.