Presas em Foz vão produzir lençóis e toalhas de banho para diminuir a pena

0

A cada três dias trabalhados, um dia de suas condenações será descontado.

As presas da Penitenciária Feminina de Foz do Iguaçu, no Paraná, vão produzir os 500 lençóis e 500 toalhas de banho para atender a demanda prisional da fronteira do Brasil com o Paraguai. Com isso, as detidas ainda terão redução da pena: a cada três dias trabalhados, um dia de suas condenações será descontado.

A unidade prisional é conhecida pela Unidade de Progressão (PFF-UP). Com capacidade para 248 presas, o espaço é destinado ao atendimento de mulheres em regime fechado. O objetivo é ofertar atividades que possam preparar as detentas para voltarem ao convívio social após o cumprimento da pena.

O projeto é uma parceira entre o Depen (Departamento Penitenciário do Paraná) e o Conselho da Comunidade, que já entregou mais de 900 metros de tecidos. Os objetivos serão fabricados dentro do Setor de Costura da prisão. Atualmente, são 10 mulheres que trabalham no setor, responsáveis por produzir os uniformes prisionais que atendem toda a demanda carcerária de Foz do Iguaçu.

Fonte Paraná Portal

Leave A Reply

Your email address will not be published.