Voluntários em Santa Terezinha de Itaipu mostram na prática o valor da solidariedade

0 36

O barulho das máquinas de costura está sendo rotina em boa parte dos lares de Santa Terezinha de Itaipu. O motivo chama-se solidariedade.

A produção de máscaras caseiras e de jalecos de proteção, que são repassados para uso das equipes de saúde, que estão no enfrentamento do coronavírus é um alento. A escassez dos insumos no mercado, fez com que o Programa do Voluntariado Paranaense (Provopar) local, adquirisse os materiais necessários e reunisse os voluntários para esta missão.

Até o momento foram feitas mais de seis mil máscaras e 500 jalecos repassados para médicos, enfermeiros, auxiliares, entre tantas pessoas da saúde que atuam diretamente com o público. Ao todo, mais de 50 pessoas estão envolvidas nesse trabalho voluntariado.

O primeiro vice-prefeito de Santa Terezinha que também carrega o título de primeiro alfaiate, Airton Viana, é um dos voluntários que não dá descanso para sua máquina e costura. “É um prazer imenso poder contribuir neste momento de incertezas e necessidade”, disse ele ao ressaltar que estará sempre pronto para ajudar.

COE STI recomenda uso de máscara para todos

Na segunda-feira, 6, o Centro de Operações de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE Covid-19) recomendou para toda a população local, independente de pertencer a algum grupo com fator de risco, o uso estritamente necessário de máscaras domésticas quando estiverem em contato com outras pessoas e ou saírem de casa. Já para aqueles que são do grupo de risco, o uso não é opcional, mas, sim, obrigatório.

DC STI

O espaço está aberto para você deixar sua opinião.


Notice: Constant WP_USE_THEMES already defined in /home/blogdolagocom/public_html/index.php on line 14